Início Política Juliana Cardoso analisa projeto de Associação Comercial que prevê nova alça de...

Juliana Cardoso analisa projeto de Associação Comercial que prevê nova alça de acesso na Ayrton Senna

13
0
COMPARTILHAR

A engenheira ambiental Juliana Cardoso visitou o presidente da Associação Comercial e Industrial de Itaquaquecetuba (ACIDI), Luciano Dávila, e teve acesso ao projeto que prevê à construção de uma alça de acesso no quilômetro 34 da Ayrton Senna (SP-70), ligando à região do Rio Abaixo, já em Suzano-SP, à rodovia. O objetivo da proposta é minimizar o fluxo de veículos no centro de Itaquá, além de facilitar o escoamento da produção do município.

Denominado “Incluir Itaquá”, o projeto foi elaborado pela ACIDI, pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) subseção Itaquá e pela Frente Empresarial Pró-Itaquaquecetuba (Fempi).

Atendendo a um pedido da própria ACIDI, Juliana, que é engenheira ambiental e tem vasta experiência na área, incluindo passagens pelo setor público como diretora e secretária municipal de Meio Ambiente, esteve na ACIDI na tarde de quinta-feira (15 de fevereiro). Na oportunidade, a especialista se colocou à disposição para analisar a viabilidade técnica, o custo-benefício e a implantação do empreendimento viário:

“Itaquaquecetuba abriga várias empresas. Sendo assim, a implantação desta alça de acesso para a Ayrton Senna é imprescindível para o crescimento da cidade. Ao meu ver, inclusive, é possível implantar outras alças ao longo da rodovia, levando em conta não apenas a proximidade da mesma com Itaquá, mas, também, com municípios vizinhos, como Suzano e Poá, por exemplo. Não de hoje, o Alto Tietê está sufocado em Mobilidade Urbana. Cargas pesadas passam pelos centros das cidades, já que não têm outra opção. Só que isso faz com que vias sejam danificadas e logísticas sejam prejudicadas, sem contar nos transtornos registrados todos os dias no tráfego de veículos”, ilustrou Juliana.

A engenheira ambiental e empresária ainda ressaltou durante o encontro que a proposta, uma vez colocada em prática, também tende a beneficiar quem mora na região do Bonsucesso, em Guarulhos-SP:

“Os moradores nesta localidade são obrigados a dar uma volta imensa para ter acesso à Ayrton Senna. Se a nova alça for realmente construída, isso não vai mais acontecer”, complementou.

Projetos sociais

Na sexta-feira (16 de fevereiro), Juliana Cardoso esteve em Indaiatuba, cidade do interior do Estado de São Paulo, onde se reuniu com a presidente do Instituto Kairós, Cláudia Maria Mariano. Segundo a engenheira ambiental, que também é ligada às causas beneméritas, a entidade defende a inclusão social, afetiva e sustentável, tendo como base de trabalho o respeito e a igualdade.

Recentemente, Juliana, que é filiada ao PR, também passou por Guaratinguetá-SP, no Vale do Paraíba, para conhecer de perto o trabalho social desenvolvido pela Associação Pingo de Ouro, que conta com a colaboração do vice-prefeito do município, Régis Yasumura (PSB).

Por meio do “Mutirão da Fisioterapia”, bairros carentes de Guará recebem atendimento gratuito na área da Saúde, com direito a consultas médicas, avaliações e encaminhamento em Ortopedia.